Supreenda-se com essas 6 ideias para dividir ambientes gastando pouco

dividir ambientes gastando pouco

Hoje em dia, a maioria dos arquitetos, engenheiros e designers de interiores, optam por deixar casas e apartamentos com ambientes integrados. Porém, para quem gosta de privacidade ou para quem prefere uma casa com divisórias, uma opção é dividir ambientes gastando pouco.

Mas, nem todo mundo tem dinheiro, espaço ou interesse em fazer divisórias de alvenaria (tijolo). Dessa forma, criamos o artigo abaixo com o intuito de apresentar soluções para dividir ambientes gastando pouco.

Veja também:
Como decorar embaixo da escada
8 ideias para decorar sua casa com macramê
Como cuidar de cactos e suculentas

Dica 1: Portas de correr

Dependendo do ambiente que você desejar dividir, uma bela porta de correr pode ser o suficiente, devido a elas serem extremamente elegantes

Dessa maneira, existem diversas opções de cores, formatos, preços, tamanhos e muitas outras características. É ótimo! Pois, você pode escolher qual é a que mais se adequa à decoração do seu ambiente e qual é a melhor opção que cabe no seu bolso.

Além disso, outra vantagem é que você pode usar essa porta para compor a decoração, pois ela pode ser feita de madeira, vidro, metal ou do material que você escolher.

Dica 2: Meia parede

Outra opção que é muito usada para dividir ambientes gastando pouco são as meia parede, porque esse tipo de decoração mantém a proposta original do ambiente, que é o de parecer integrado (isso acontece porque, com ela, você ainda consegue ver o outro ambiente). Mas delimita onde um cômodo começa e onde ele termina, o que dá uma sensação maior de privacidade e de definição.

Dica 3: Cortinas

Dentre as opções apresentadas neste artigo para dividir ambientes gastando pouco, provavelmente uma das mais baratas é, com certeza, o uso de cortinas para dividir ambientes.

Desse modo, o usuário possui diversas vantagens além do preço mais em conta. Por exemplo, dá para conseguir maior privacidade ao fazer o uso da cortina e, ainda assim, você mantém as características originais do ambiente, que é de ser aberto.

Nesse contexto, é preciso ressaltar que, se bem escolhida, uma cortina pode ser uma excelente opção para dividir ambientes. Isso porque esse tipo de material é bastante sofisticado. Ademais, pode fazer uma composição maravilhosa na decoração da sua casa ou do seu apartamento.

Dica 4: Plantas 

Outra opção de dividir ambientes gastando pouco que pode ser usada por quem quer gastar pouco, mas que ainda deseja manter a integridade dos cômodos na proposta original (ou seja, abertos) com sofisticação e beleza, são as plantas.

Além desse material ser barato e bonito, permite que você personalize o ambiente e que você escolha quais são as plantas que você mais gostaria de colocar para decorar a sua casa (já pensou em ter flores? Cactos?) e ainda é possível que você escolha se deseja fazer a parede de plantas de metal, concreto ou então até mesmo apenas de plantas.

Dica 5: Biombos

Bastante utilizados com o intuito de oferecer privacidade entre ambientes, os biombos nunca deixaram de ser moda na arquitetura, porque, apesar de a origem dessas peças remontar do período mais antigo (por volta do século 8 dC).

Assim, peças atenderam bem as mudanças da sociedade. Atualmente, existem diversas opções de biombos feitos com os mais diferentes tipos de materiais, das mais diversas cores e modelos.

Dica 6: Cobogó

Brasileiríssimo, o Cobogó surgiu no Recife nos anos 1920 e é a denominação dada a uma parede vazada. Até os dias de hoje, essa técnica de parede é usada com a intenção de permitir a ventilação e a iluminação transitarem entre um cômodo e outro.

Além disso, é possível usar o cobogó como uma forma de dividir ambientes, pois essa técnica, além de extremamente charmosa. Assim, pode ser feita de diversos materiais que se adequam a decoração da casa.

 

Avalie este post