Não perca nosso guia e aprenda a como cuidar de cactos e suculentas

cuidar de cactos e suculentas

É cada vez mais comum encontrar plantas como forma de decoração em casas, e o grupo de pessoas que estão iniciando o hábito de jardinagem ou quem deseja ter uma decoração mais minimalista em casa só cresce. Normalmente, elas optam por comprar plantas de fácil adaptação, pois são mais fáceis de manter. Hoje, vamos te dar algumas dicas para cuidar de cactos e suculentas, continue conosco:

Veja também:
Alerta tendência: como usar vidro canelado na decoração
Quais são as melhores cores para ambientes pequenos?
6 dicas para decorar gastando pouco

Sobre o tipo de solo mais recomendado para plantar cactos e suculentas

Como é de conhecimento comum das pessoas que costumam cuidar de cactos e suculentas, os cactos são um tipo de planta extremamente fácil de cuidar. No entanto, existem algumas recomendações que precisam ser seguidas com o intuito de fazer com que essa planta cresça e viva por muitos anos. Nesse contexto, a primeira recomendação é sobre o tipo de solo que deve ser utilizado para plantar essa espécie.

Em primeiro lugar, a terra na qual o cacto ou a suculenta devem ser plantados precisa ser constituída por argila, areia grossa e algumas folhas picadas. Lembre-se de que o cacto e a suculenta são plantas que não gosta muito de água e, exatamente por esse motivo, você não deve deixar que o solo fique compactado (é para deixar ele soltinho, aerado, para que a água não fique acumulada no vaso e a planta se afogue).

Posteriormente, depois que você fizer o plantio de alguma dessas espécies, quando ela já estiver com um bom crescimento, é possível utilizar uma mistura constituída de farinha de osso ou, caso você prefira, de farinha de fosfato.

Como o excesso pode prejudicar a planta, devesse ter um intervalo entre uma aplicação e outra.

Como plantar um cacto ou uma suculenta?

O plantio de um cacto ou de uma suculenta é uma atividade bastante simples de fazer e que não demanda muito tempo nem muitas tecnologias. Para cuidar de cactos e suculentas, basicamente tudo o que você precisa fazer para concluir essa atividade está descrito logo abaixo no passo a passo que nós fizemos para te ajudar:

1) (Onde plantar): em primeiro lugar, antes de mais nada, é preciso escolher o vaso para plantar. De uma forma geral, dá para fazer isso em qualquer tipo de vaso, seja ele de barro, vidro, cerâmica ou até mesmo em algum pote plástico.

No entanto, se possível, dê prioridade para os que possibilitem o escoamento da água (caso você não tenha vasos com furinhos, na internet tem tutoriais de como você pode fazer os furos para que o seu vaso não morra afogado);

2) (O solo para plantar): no comércio, existem substratos que são específicos para fazer o plantio de cactos e de suculentas. Nesse contexto, dê prioridade para esse tipo de substrato e evite, por exemplo, solos argilosos. Se preferir, faça uma mistura caseira de terra com areia para plantar;

3) (O preparo): quando o solo estiver preparado, o passo seguinte é retirar o broto da planta mãe (nessa parte, fique atento, pois, você pode se machucar com os espinhos);

4) (O plantio): por fim, coloque o broto em um buraco dentro do vaso que você escolheu;

5) (Decoração e proteção): acrescente uma cobertura de cascalho ou então de pedrinhas na areia. Assim, irá proteger o plantio e fazer com que o vaso fique mais bonito.

Cuidados essenciais

  • Quando cuidar de cactos e suculentas, mantenha o seu cacto e a sua suculenta expostos ao sol por, no mínimo, 5 horas por dia;
  • Não regue o seu cacto nem a sua suculenta mais do que uma vez por semana.
  • Use poucas quantidades de água na hora de regar o seu cacto e a sua suculenta;

Uma dica para saber se está na hora de regar, coloque a mão no solo e veja se ele está seco. Se estiver, é porque está na hora.

Avalie este post