Descubra qual é a diferença entre estilo vintage e retrô e surpreenda-se

diferença entre estilo vintage e retrô

Dentre os inúmeros estilos que existem no mundo da decoração, o vintage e o retrô se destacam. Mesmo que possuam propostas muito semelhantes, pode haver dúvidas na maneira de utilizá-los – e até mesmo os mais apaixonados pelo assunto acabam se confundindo. Afinal, qual é a diferença entre estilo vintage e retrô?

O motivo de toda essa agitação é que os dois se baseiam em estética antiga e remetem a elementos do passado. Ou seja, o público pode achar que são a mesma coisa. Mas é aí que mora o erro. Sendo assim, neste conteúdo, separamos todas as informações sobre o tema para que você entenda as principais diferenças entre um estilo e outro. Continue a leitura para descobrir.

O que é a decoração vintage?

Vintage refere-se a qualquer elemento produzido no passado (mais especificamente entre os anos 1920 e 1960), mas que manteve a sua qualidade perfeita ao longo dos anos. Você pode obter peças desse estilo, principalmente, de dois jeitos: herdando de familiares ou visitando antiquários, minas e lojas especializadas.

Na verdade, a melhor maneira de integrar um design desse tipo à decoração da sua casa é apostar em antiguidades. Móveis de madeira com enfeites de ferro, telefones antigos, espelhos com molduras rococó, artes nas paredes e até fotos emolduradas de membros da família de outras épocas são ótimos exemplos de elementos do estilo vintage.

O que é a decoração retrô?

A principal característica da decoração retrô é a utilização de objetos inspirados nos anos 1970 e 1980 e até de obras originais em bom estado desse período. Pode-se dizer que o retrô é um novo visual, uma releitura das últimas décadas. Os trabalhos de estilo retrô são geralmente mais caros do que os atuais, mas mais acessíveis do que os de estilo vintage porque são produzidos pela indústria.

Muita gente pensa que o retrô se inspira no vintage, mas não é o caso. Isso porque eles têm as características reversas: o vintage é mais sóbrio, enquanto o retrô é lúdico.

A primeira distinção é que os itens de estilo retrô não são apenas decorativos, mas também funcionais. Se você escolhê-lo, não tenha medo de texturas. Ou seja, use materiais mistos, formas abstratas e geométricas, flores e treliças, veludo, plástico e vinil.

Além disso, aposte, também, em móveis com linhas simples e retas, preferencialmente os que possuem palitos bem charmosos. Outras boas opções de investimentos são sofás longos com superfícies lisas e brilhantes, móveis baixos e poltronas redondas.

Afinal, qual é a diferença entre estilo vintage e retrô?

Fundamentalmente, a diferença entre estilo vintage e retrô é que objetos retrô são réplicas do vintage. Embora o retrô se inspire nos clássicos do passado, continua a ser atual, utilizando elementos vintage para a construção de projetos.

Em suma, vintage representa peças antigas (fabricadas no passado), enquanto retrô traz peças atuais com designs antigos.

Deve-se ressaltar que esses dois estilos podem ser misturados e complementares em um ambiente. Na verdade, tais combinações também podem ocorrer com itens de estilo moderno. Portanto, inserir em um ambiente “atual” elementos antigos é uma ideia bem-vinda. Dessa forma, você acaba realçando a personalidade da sua casa ou de qualquer outro ambiente.

Para poder notar a diferença entre estilo vintage e retrô, basta prestar atenção na data de fabricação da peça em questão. Quando uma obra é muito antiga, ela é vintage. Caso contrário, quando é uma peça nova, mas com o estilo antigo, pertence ao estilo retrô (sendo apenas uma releitura de algo do passado).

Veja também:

Como decorar a mesa de centro
10 dicas de como transformar economizando muito com os produtos da Meu Rodapé
Como fazer uma luminária de nuvem

5/5 - (1 vote)